Chrome Canary e Core Web Vitals: Mudanças do Google no Ranqueamento em 2021
chrome canary

Chrome Canary e Core Web Vitals: Mudanças do Google no Ranqueamento em 2021

Chrome Canary e Core Web Vitals são os assuntos mais falados ultimamente quando o assunto é ranqueamento em 2021. Se você ainda não conhece nenhum desses termos e como as mudanças do Google vão impactar o seu site, você veio ao lugar certo.

Chrome Canary é um navegador compilado ao pacote Chrome, mas voltado para desenvolvedores e desbravadores de novas tecnologias. Ele é considerado uma das etapas final do processo de desenvolvimento do Google Chrome, que basicamente tem 4 segmentos:

  • Stable
  • Beta
  • Dev
  • Canary

Através dele, você pode verificar as Core Web Vitals de um site enquanto visita uma página qualquer. Tais métricas passarão a compor os fatores de ranqueamento do Google a partir de maio de 2021, então está mais do que na hora de aprender a utilizá-las.


O que é Chrome Canary?

Como mencionamos anteriormente, o Google Chrome possui 4 versões: 2 delas voltadas para se tornar o navegador mais popular do mundo, que no caso são as versões Stable (a que você está provavelmente utilizando agora) e a Beta, que substituirá o Stable em breve. Já o Chrome Canary e o Dev são as versões para desenvolvedores, que lhe permitem checar códigos e métricas que o Stable não permite.

chrome canary

A versão Dev recebe updates semanais e é mais estável do que o Canary. Seus testes são mais prolongados e apenas recebe atualizações que já passaram por fase de testes; o Chrome Canary é a versão experimental, que recebe atualizações toda a noite. Resumidamente, se você quer ficar por dentro de todos os novos recursos que o Google lança, você deve começar a utilizar o Chrome Canary para já.


Quais são as vantagens e funções do Chrome Canary?

Desenvolvedores podem acessar todos os recursos do DevTools com antecedência. Inclusive, haverá ferramentas que estarão disponíveis no Chrome Canary temporariamente, mas que nunca atingirão a versão mais estável por ter seu teste aprovado. É o jeito mais eficiente de antecipar os recursos que virão a ser popularmente utilizados em questão de meses ou até anos.

Alguns dos outros recursos disponíveis são:

  • Desabilitar formato de imagem AVIF e WebP
  • Expansão de CSS Flexbox
  • Acessar Chrome Flags exclusivas
  • Utilizar APIs em versão teste

Mas a mais importante das vantagens que o Chrome Canary pode oferecer neste momento é permitir a visualização em tempo integral das Core Web Vitals: métricas que irão compor o ranqueamento de sites em muito breve.


O que é Core Web Vitals?

Core Web Vitals

Core Web Vitals são um conjunto de métricas que incluem:

  • Velocidade de carregamento
  • Tempo de Resposta
  • Estabilidade Visual

Objetivamente, as métricas do Core Web Vitals são:

Largest Contentful Paint (LCP):

Tempo de carregamento de página, que deve ser no máximo 2.5 segundos.

First Input Delay (FID):

Tempo que uma página requer para se tornar interativa com os comandos do usuário, que deve ser menor do que 100ms.

Cumulative Layout Shift (CLS):

O tempo em que uma página demora para se moldar, separando imagens, textos, vídeos, pop-us e outros recursos gráficos.  O tempo deve ser quase imediato.


Core Web Vitals são mutáveis, então pelos próximos meses (talvez até dias), as definições possam ser alteradas. Fique de olho nos lançamentos e pronunciamentos oficiais do Google para saber as novidades.

Entre os recursos para medir as Core Web Vitals, os mais estáveis e precisos são:

  • Search Console
  • PageSpeed Insights
  • Lighthouse
  • Chrome DevTools
  • Chrome UX Report
  • Web Vitals Extension

Estas métricas passarão a compor os critérios de ranqueamento do Google, então para conseguir um boost no ranking dos seus sites, desenvolvedores e webmasters terão que investir em mais áreas e aprender a utilizar novos recursos que estão por vir.

Além das novas métricas, o ranqueamento também é afetado pelas métrica já vigentes:

  • Otimização para aparelhos móveis
  • Segurança na navegação
  • Não sobreposição do conteúdo com pop-ups e outros recursos (Intrusive Interstitial)


Como Visualizar o Core Web Vitals?

Em janeiro de 2021, o recurso Performance HUD chegou nas versões Dev e Chrome Canary para que você pudesse visualizar Core Web Vitals sem a necessidade de uma extensão.

A versão da extensão não é prática e possui limitações que não permitem acessar os dados corretamente. Portanto, os navegadores voltados para desenvolvedores passaram a receber esta função, demonstrando os indicadores em tempo real.

Se você já possui o Chrome Canary instalado, abra-o e na página do buscador, clique com o botão direito e depois em “inspect element”. Clique nos três pontos ao lado da engrenagem de configurações, depois “more tools” e então “rendering”.

Em rendering, habilite a visualização dos Core Web Vitals e feche o menu. Você receberá um pop-up com as métricas em tempo real. O grau de informação fornecida é baixo em relação às 6 principais ferramentas que mencionamos anteriormente, mas pelo menos ela é prática por estar sendo atualizada a cada página que você visita, sem que você precise realizar novas buscas. Assim, fica muito prático de quantificar o ranqueamento dos seus competidores.


Como o Chrome Canary influenciará no ranqueamento do meu site?

Core Web Vitals

De maneira direta, muito provavelmente nada. No entanto, o Chrome Canary é a chave para você ir se habituando a essas novas métricas e uma maneira prática e simples de receber os indicadores em sua tela e investigar a concorrência.

Visualize também os números do seu site e comece a investir em melhorar os Core Web Vitals agora e se antecipar em relação a sua competição, a qual muitos ainda nem sabem que esta mudança irá acontecer. Seu site terá um boost no ranqueamento e você estará ocupando melhores posições nas páginas de pesquisa.

Portanto, usar o Chrome Canary é uma maneira prática de se preparar para aumentar o tráfego orgânico do seu site assim que as novas métricas de ranqueamento entrarem em vigor.